?>
http://buy-clomid-2013.org/ http://buylasix-2013.org/ http://buyonlinepriligy-2013.org/
21
Nov

A importância da coletividade em um empreendimento

Em arquitetura, o termo gentileza urbana é usado para falar que um projeto foi criado pensando em incentivar a interação entre as pessoas. Quando isso acontece, o empreendimento está prezando pela coletividade e é construído de forma a promover bem-estar para toda a comunidade.

Foi com esse conceito que surgiu o Pátio Civitas, o empreendimento residencial da Cidade Pedra Branca. Mas o que as gentilezas urbanas, a coletividade e o Pátio Civitas têm em comum? Como esses conceitos podem fazer parte da sua vida? Acompanhe com a gente para entender!

As gentilezas urbanas

Em arquitetura e construção, gentilezas urbanas são iniciativas voltadas para a melhoria da qualidade da vida urbana. De acordo com Rose Guedes, presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) de Minas Gerais:


“Gentileza que pode ser entendida como as atitudes, gestos, intervenções que propiciem um novo olhar sobre a cidade, promovendo a preservação do seu patrimônio cultural e natural e ampliando o conceito de cidadania”

Nesse caso, uma obra que contempla gentileza urbana é aquela que favorece o paisagismo e o urbanismo ao seu redor. Isso pode ser feito de várias formas, como:

  • criação de um espaço público atraente e seguro que pode ser usado tanto por moradores do local quanto por visitantes;
  • respeito ao meio ambiente por meio de práticas sustentáveis, como uso de fontes de energia renováveis e reutilização de água;
  • adequação das vias para priorizar pedestres e ciclistas;
  • revitalização de áreas verdes.

Como resultado dessas ações, percebemos um ambiente mais agradável e propício à vida conjunta. As pessoas têm muito a ganhar com uma cidade, ou bairro, que promove a interação entre pessoas, a troca de ideias e o convívio entre moradores, visitantes, natureza e negócios.

Entre os principais benefícios, podemos citar pessoas mais alegres, ambientes públicos bem cuidados, sustentabilidade, mais sorrisos e um ambiente de coletividade.

A importância da coletividade

O ser humano é, por natureza, social. Isso significa que viver em sociedade é algo natural para nós. Estamos acostumados a pertencer a um ou mais grupos e nos sentimos bem quando percebemos que realmente somos parte daquilo e que participamos ativamente da vida em conjunto.

Na arquitetura e construção civil, ao se pensar em espaço urbanos que levem em conta a coletividade, elementos serão destacados para ressaltar e promover o encontro entre as pessoas, a troca de ideias e o cuidado com o espaço público.

O Pátio Civitas e a busca pela gentileza e coletividade

O Pátio Civitas é o novo endereço da Pedra Branca, em Palhoça na Grande Florianópolis (SC). Mais do que isso, é o lugar para pessoas que valorizam a gentileza e a coletividade, a colaboração, o compartilhamento de espaços, as experiências e a inovação em todas as áreas.

Civitas, palavra de origem latina, significa cidadania. Foi justamente a partir deste conceito de cidadania e coletividade que a equipe da Cidade Criativa e os arquitetos do escritório ARK7 desenvolveram o Pátio Civitas e criaram o lugar certo para pessoas que valorizam a gentileza, a colaboração, o compartilhamento de espaços e de experiências e a inovação em todas as áreas.

Para os arquitetos e engenheiros envolvidos, um bairro-cidade deve permitir que seus moradores e visitantes experimentem o convívio, a vida além do próprio apartamento e o compartilhamento de momentos de estudo, trabalho e lazer. Para isso, o Pátio Civitas conta com algumas características especiais:

  • praça interna com diversas opções de lazer, como piscina, playground, brinquedoteca;
  • as áreas de lazer se conectam com locais de convívio, horta, espaço gourmet, estar pergolado, slackline, escritório jardins etc., formando uma grande praça e estendendo as opções de atividades ao ar livre;
  • Opção para trabalho, com 14 escritórios/lojas jardins, que compõem o térreo do empreendimento e dão um charme à integração com a calçada;
  • sustentabilidade na forma de reúso da água da chuva, uso de gás natural, aquecimento de água com energia solar e gás, aproveitamento da iluminação natural com janelas amplas, bicicletário e outras iniciativas;
  • apartamentos com plantas modernas e flexíveis, com cozinhas integradas à sala para favorecer o compartilhamento de momentos também entre a família;
  • criação da Alameda, um espaço público que estará à disposição não apenas dos moradores do Civitas, mas também de residentes de outros prédios e de visitantes da Cidade Pedra Branca.

Enfim, o que percebemos no Pátio Civitas é um projeto inovador, onde coletividade e gentilezas urbanas se tornam prioridade e promovem uma vida conjunta mais saudável e alegre. Quando finalizadas as obras, os moradores e visitantes da Cidade Pedra Branca terão mais uma opção para os momentos de trabalho, estudo, lazer, descanso e convívio. Um oportunidade para deixar o carro na garagem, aproveitar o caminho de bicicleta, adotar uma vida mais saudável, mais sustentável, mais coletiva.

E então, ficou interessado em conhecer mais este empreendimento e as gentilezas urbanas aplicadas em seu projeto?

Não perca essa chance: visite agora mesmo a página do Pátio Civitas para receber mais informações sobre esse projeto único!