?>
http://buy-clomid-2013.org/ http://buylasix-2013.org/ http://buyonlinepriligy-2013.org/
19
Dez

INAUGURADA AVENIDA DA INTEGRAÇÃO QUE CONECTA PEDRA BRANCA E PAGANI

Com a proposta de melhorar a mobilidade urbana e proporcionar mais conforto e segurança, a obra, que beneficia nove bairros, conta com faixa de ciclovia e iluminação com instalações subterrâneas

Recentemente foi inaugurada a Avenida da Integração, uma importante ligação entre os bairros Pedra Branca e Pagani, que liga a Rua Vereador Jacob Knabem da Silva à Avenida Atílio Pagani, com conexões para outras localidades. O projeto foi criado e doado ao município por empresários da região em 2011, e executado pela prefeitura de Palhoça.

A obra, oficialmente batizada Avenida Alexandre Coelho, tem 575 metros de comprimento (14 metros de largura), pista dupla faixa de ciclovia, calçada de passeio e iluminação com instalações subterrâneas. Para um dos fundadores e, atual consultor da Cidade Criativa Pedra Branca, Valdir José Tomazzi “a obra, junto com as outras melhorias no entorno do bairro, contribuirão para o desenvolvimento da região. A ligação é planejada há anos e unirá os dois bairros que mais crescem em Palhoça, tanto em quantidade quanto em qualidade”.

Ao todo são oito bairros, além da Pedra Branca, que se beneficiam com a obra: Jardim Eldorado, Passa Vinte, Pagani, Jardim das Palmeiras, Madri, São Sebastião, Terra Nova e Aquarius. Tomazzi, ainda ressalta que “a avenida irá melhorar a mobilidade urbana, o que proporciona mais conforto e segurança para todas as pessoas que transitam entre os bairros”.

19
Dez

PRAÇA DA PEDRA BRANCA RECEBE MENÇÃO HONROSA NA 8ª EDIÇÃO DO PRÊMIO ASBEA

 

Mais de 125 projetos se inscreveram na competição, que destacou os 27 melhores projetos dos escritórios de arquitetura do Brasil

A Praça da Pedra Branca Cidade Criativa localizada, em Palhoça (SC) recebeu menção honrosa na 8ª edição do Prêmio Nacional da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA) em parceria com a Revista Projeto Design. A competição coroou os melhores projetos realizados ou idealizados no Brasil por escritórios brasileiros nos últimos cinco anos e premiou a Praça da Pedra Branca, na categoria projetos especiais.

A cerimônia de premiação, realizada em São Paulo (SP) em dezembro, contou com a presença de personalidades do cenário brasileiro da arquitetura, urbanismo e construção. Nesta edição, se inscreveram 90 escritórios de todo o Brasil, autores de 125 projetos, dos quais 27 foram consagrados em oito categorias: edifícios e conjuntos residenciais, comerciais, de serviços, institucionais, industriais, arquitetura corporativa e de interiores, residências e projetos especiais.

Na premiação, o projeto da Praça Pedra Branca recebeu o troféu Menção Honrosa, pelas mãos da arquiteta Juliana Castro, proprietária do escritório Jardins e Afins Arquitetura Paisagística, que desenvolveu o projeto. Para Marcelo Gomes, Diretor Executivo da Pedra Branca Cidade Criativa, “este reconhecimento é a consagração de um projeto que buscou referências, conceitos e práticas inovadoras, no planejamento e construção do espaço”.

A avaliação dos trabalhos inscritos considerou a importância do projeto no desenvolvimento, valorização e representação da classe de arquitetos do país. Todo material foi analisado por um júri heterogêneo de arquitetos, composto por Abílio Guerra (professor e editor do site Vitruvius), Lucas Fehr (professor e sócio do escritório Estúdio América), Álvaro Puntoni (professor e sócio do escritório GrupoSP Arquitetos), Guilherme Wisnik (professor, crítico de arquitetura e curador geral da 10ª Bienal de Arquitetura de São Paulo) e Eduardo Della Mana (diretor executivo do Secovi/SP e sócio do escritório PPU Projetos Urbanos) e Otávio Zarvos (administrador e criador da incorporadora Idea!Zarvos).

O prêmio é uma parceria com a revista Projeto Design e os trabalhos premiados foram publicados na edição deste mês da revista e no site, o qual destacou a Praça da Pedra Branca como “um local agradável para encontros cotidianos que, ao mesmo tempo, comporta eventos maiores ao longo dos 4.690 metros quadrados do terreno. O piso original foi preservado, assim como as palmeiras existentes. Para proporcionar a linguagem contemporânea, foram implantados uma lâmina d’água de apenas dois centímetros de profundidade, uma área gramada livre, espaços de descanso nas sombras de árvores com bancos feitos de material sustentável, além de cadeiras soltas e um playground”.

ASBEA

A AsBEA – Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura é uma entidade independente, de abrangência nacional, sediada na cidade de São Paulo. É a única representante desta atividade empresarial que congrega escritórios e empresas fornecedoras de produtos e serviços do setor de arquitetura e construção civil. O seu papel é contribuir para a contínua evolução no campo da arquitetura, para a valorização da sua importância no desenvolvimento urbano e melhoria qualitativa da construção civil do país. Os associados são escritórios de arquitetura e urbanismo e empresas fornecedoras de produtos e serviços ligados à construção civil.

19
Dez

PEDRA BRANCA CIDADE CRIATIVA FIRMA PARCERIA COM ACELERADORA DE STARTUPS

O projeto será dividido em quatro fases e a primeira inicia em janeiro

 

A Pedra Branca Cidade Criativa, localizada em Palhoça (SC), firmou, no último dia 6 de dezembro, parceria com a Hot Milk, uma aceleradora de startups, que são empresas jovens e inovadoras em qualquer área ou ramo de atividade. Localizada na PUCPR, a aceleradora nasceu a partir do Programa de Aceleração, um projeto inovador de alto impacto, que busca fomentar o empreendedorismo startup.

Em Palhoça, a parceria consiste na co-criação do projeto: Arranjo Produtivo de Inovação da Pedra Branca. O objetivo é inserir vantagens competitivas em todo bairro e definir as vocações econômicas que tornarão esta ideia em um grande atrativo de empresas de inovação. O plano será dividido em quatro etapas. A primeira fase consiste na realização da montagem do Polo da Hot Milk no bairro Pedra Branca. Num segundo momento serão desenvolvidas estratégias de inovação paraPedra Branca. Já na terceira etapa, acontecerá a estruturação e co-gestão do Arranjo Produtivo de Inovação, e por último, a aceleração de spin-offs – termo utilizado para descrever uma nova empresa que nasceu a partir de um grupo de pesquisa de uma universidade, organização ou centro de pesquisa público ou privado.

A parceria firmada com a Pedra Branca Cidade Criativa foi realizada através de José Pugas, Gestor de Ambiente e Inovação da PUCPR e Gestor da Hot Milk; Dionara Conrad, Vice-presidente do INAITEC (Instituto de Apoio à Inovação e Tecnologia do Continente) e representante da ACIP (Associação Empresarial de Palhoça); Marcelo Fett, Secretário de Planejamento e Infraestrutura da Prefeitura de Palhoça (SC); e os representantes da Pedra Branca Cidade Criativa, Valério Gomes, idealizador do projeto, Marcelo Gomes, diretor executivo e Renato Ramos, gerente de negócios.

As operações devem iniciar em meados de janeiro de 2015. O projeto será liderado pela Hot Milk, através de José Pugas e mais 20 consultores de sua equipe das áreas de comunicação, antropologia, arquitetura e urbanismo, economia e artes; Pedra Branca, através de Renato Ramos, com a mentoria de Valério Gomes e Marcelo Gomes; INAITEC, através do Presidente Ingo Hermann e Dionara Conrad; Unisul, através do Professor Geraldo Campos e Prefeitura Municipal de Palhoça, através de Marcelo Fett.

“Esse projeto representa um novo modelo de desenvolvimento social e econômico, que tem como base principal o empreendedorismo. Uma ideia que busca atingir não somente o mercado, mas também a população que viverá a realidade de um novo arranjo produtivo de inovação na Pedra Branca” aponta Marcelo Gomes.

José Pugas considera que “o mercado ganhará um cluster – concentração de empresas relacionadas entre si, numa zona geográfica definida, que acomodam um polo produtivo especializado com vantagens competitivas – de inovação de classe global, atraindo investimentos e setores de inovação de empresas, transformando a Pedra Branca em um epicentro de toda uma transformação inovadora, de forma inclusiva e criativa”.

A Hot Milk

A aceleradora de startups, Hot Milk, localizada na PUCPRnasceu a partir do Programa de Aceleração, um projeto inovador de alto impacto, que busca fomentar o empreendedorismo startup. Além da missão de acelerar mais de 100 startups por ano na PUCPR, eles apoiam diferentes empresas dos ecossistemas de inovação do sul do país e dos parques tecnológicos da PUCPR, em ciclos de inovação aberta. Nestes ciclos, a partir das diferentes habilidades, capacidades e competências reunidas, a Hot Milk gera uma grande quantidade de inovação dirigida para as necessidades das cadeias de valor das empresas parceiras.

INAITEC

 

O INAITEC tem a missão estimular a geração de emprego, renda e desenvolvimento socioeconômico regional por meio do empreendedorismo, da ciência, da tecnologia e da inovação. E como objetivo geral, existe para apoiar empreendedores e/ou empreendimentos inovadores, proporcionando-lhes ambientes e condições para o desenvolvimento sustentável, integrando neste processo, o ensino, a pesquisa e o empreendedorismo. Está localizado na Avenida das Águias 231, Edifício Inaitec, bairro Cidade Pedra Branca, em Palhoça. Mais informações através do site wwww.inaitec.com.br ou pelo telefone (48) 3286- 3192.

15
Dez

ALUNOS DE ARQUITETURA DE PORTO ALEGRE CONHECEM O PROJETO DA PEDRA BRANCA

Estudantes da PUC conheceram o conceito e a estrutura da Pedra Branca Cidade Criativa

No último sábado, dia 13 de dezembro, a Pedra Branca Cidade Criativa, localizada em Palhoça (SC), recebeu mais de 60 pessoas, incluindo alunos de graduação, pós-graduação e professores do curso de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, de Porto Alegre (RS). Os alunos do último semestre da graduação, juntamente com arquitetos que realizam especialização em Arquitetura das Cidades e docentes dos cursos, puderam acompanhar a palestra Pedra Branca – Novo Urbanismo, realizada às 15h, no auditório da Sede Pedra Branca.

André Schmitt, um dos arquitetos que participou da concepção do projeto da Pedra Branca desde o início do projeto e Sílvia Lenzi, arquiteta que fez parte da equipe que realizou o plano urbanístico inicial do bairro, foram os palestrantes do evento. Os profissionais abordaram o início do projeto e como a cidade criativa se tornou modelo sustentável em novo urbanismo. Segundo a palestrante, Sílvia, “é muito importante receber alunos de outras partes do país, uma vez que a Pedra Branca é referência de plano urbanístico e sustentabilidade, não só no Brasil, mas na América Latina”. Ela ainda destacou que “profissionais e estudantes são formadores de opinião, desta forma, existe a possibilidade de replicar esse conceito de experiência sustentável em outros lugares do país”.

Após as palestras, os alunos e professores visitaram o Passeio Pedra Branca e visualizaram as maquetes projetadas no showroom. Através da observação, os visitantes puderam entender a dimensão do projeto e o motivo da Pedra Branca ser referência em urbanismo sustentável. Anderson Gonçalves Pinto, um dos alunos do curso de pós-graduação da PUC que veio para a visita, afirma que “Lugares como este, nos mostram como gerar sustentabilidade, inteligência e riqueza. E ainda, apontam o caminho para o novo mundo das construções”.

Enquanto observavam os projetos em maquetes, os estudantes receberam explicações do consultor externo da Pedra Branca, Dilnei Bitencourtt, utilizando as ideias em urbanismo sustentável. Segundo Paulo Bica, um dos professores do curso de arquitetura e coordenador da pós- graduação, “o principal motivo de visitar a Pedra Branca é pela referência que o lugar se tornou: um bairro planejado a ser estudado, refletido e conhecido”. Bica ainda parabenizou a Pedra Branca e disse que espera que “projetos como esses possam acontecer em outras partes do Brasil, inclusive em Porto Alegre”.

Visitas Institucionais Pedra Branca

Para que todos os grupos de visitantes que desejam conhecer o Projeto Pedra Branca tenham atendimento exclusivo, um programa de visitas foi desenvolvido para atender: universidades, arquitetos, engenheiros, empresas, distribuidores, entre outros parceiros nacionais e internacionais. As visitas acontecem duas vezes por mês e o agendamento é realizado com 20 dias de antecedência, através do e-mail contato@cidadepedrabranca.com.br. Este ano, mais de 30 visitas foram realizadas.

 

12
Dez

LANÇAMENTO DO LIVRO “UM PRÍNCIPE TRISTE” ACONTECEU NO PASSEIO PEDRA BRANCA

A obra do escritor Sig Schaitel foi lançada na Tom de Luiza Livraria e Empório Cultural

Um príncipe que se encontra em uma profunda tristeza melancólica. Esse é o enredo principal do livro “Um Príncipe Triste” que foi lançado no  sábado, dia 13 de dezembro, na Tom de Luiza Livraria e Empório Cultural, localizada no Passeio Pedra Branca, em Palhoça (SC).  A obra, de autoria do escritor Sig Schaitel, é uma produção independente, tem 40 páginas e conta com a ilustração narrativa de Fábio Dubas.

O lançamento contou com a realização da Cia. Mafagafos, uma entidade que exerce a arte de contar histórias de uma maneira descontraída e inovadora, em parceria com a Tom de Luiza Livraria e Empório Cultural. Segundo a Cia., o livro é voltado para o público infanto-juvenil e relata a história de uma criança que busca identificar a origem de sua tristeza recorrente.

1.200 livros foram confeccionados para o lançamento que acontece em Palhoça, Florianópolis e Joaçaba. O valor é R$30,00. O livro vem acompanhado de um CD com narrativa da história e o escritor Sig Schaitel estará presente no evento. A Tom de Luiza Livraria e Empório Cultural oferece um espaço diferenciado a pessoas que gostam de literatura e gastronomia em um só lugar.

5
Dez

FEIRA DE ECONOMIA SOLIDÁRIA É REALIZADA NO PASSEIO PEDRA BRANCA

Incentivar de um jeito diferente a produzir, vender, comprar e trocar o que se necessita para viver, essa é a proposta da Feira de Economia Solidária que aconteceu nos dias 6 e 7 de dezembro, na Praça Central do Passeio Pedra Branca, em Palhoça. O projeto desenvolvido pela Cáritas Brasileira Regional de Santa Catarina, uma entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário e pela ASA (Ação Social Arquidiocesana), uma instituição filantrópica da Arquidiocese de Florianópolis. O evento contou com o patrocínio da empresa Petrobras.

A primeira edição do evento teve como tema: Fortalecendo Experiências de Economia Solidária em Santa Catarina (FORTEES). Ao total 33 espaços foram dispostos na Praça Central do Passeio Pedra Branca, reunindo 60 artesãos com seus produtos à venda, para as pessoas que visitaram a feira, como: bolsas, sandálias, bijuterias, bordados, tricôs, pinturas, entre outros.  O evento que aconteceu no sábado e domingo, ainda contou com apresentações culturais, como roda de viola, grupo de capoeira e teatro. Durante a Feira também aconteceu a troca solidária, momento em que os artesãos participantes do projeto, Feira da Economia Solidária, trocaram os produtos entre si.

Toda a programação se estendeu até às 19h no sábado e no domingo a Feira iniciou às 10h, com encerramento às 17h.

Para Inês de Souza, uma das organizadoras do evento, “o objetivo principal do evento não é especificamente a venda de produtos.  O mais importante são as trocas solidárias, as experiências e a integração entre os participantes. Uma Feira em que a prioridade não é o lucro, e sim a vida”.

FEIRA DE ARTESANATO AMO

 Juntamente com a Feira de Economia Solidária aconteceu a Feira de Artesanato da AMO (Associação de Moradores da Cidade Pedra Branca), reunindo 18 mulheres artesãs do bairro Pedra Branca que desenvolvem produtos artesanais, como pintura em tela, bijuterias, patchwork, bonecas de pano, fuxicos, utilizando materiais em gesso, madeira, cerâmica, feltro, papel, biscuit, entre outros, além de brechó.

O objetivo da Feira de Artesanato da AMO é valorizar  as artesãs locais do bairro, reunindo todas em um só lugar para a troca de ideias, além de gerar uma renda pelo produtos vendidos.

Além disso, no sábado e domingo aconteceram, paralelamente com as duas feiras, as atrações da programação de Natal do Passeio Pedra Branca, com a presença do Papai Noel, Malabaristas Circo do Noel, apresentação internacional do pianista Pablo Rossi e Coral MusicArt. Para conferir a programação completa, acessewww.passeiopedrabranca.com.br