?>
http://buy-clomid-2013.org/ http://buylasix-2013.org/ http://buyonlinepriligy-2013.org/
28
Ago

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável inaugura sede modelo

O espaço na Pedra Branca tem 286 m² e conta com diversas entidades no mesmo ambiente, garantindo atendimento de excelência à classe empresarial.

Um atendimento de excelência à classe empresarial, com diversos serviços agregados no mesmo ambiente. A Prefeitura de Palhoça inaugura nesta quinta (28) a nova sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável. Com 286 m² de espaço instalado na Pedra Branca, o objetivo é fomentar ainda mais a instalação de empresas no município. Para agilizar os serviços disponíveis, parceiros como a Caixa Econômica Federal, Sebrae, Senac, Senai, CDL, ACIP e Inaitec estarão agrupados no mesmo local.
A escolha da Pedra Branca foi estratégica para atrair novos empresários. “Este é o ‘bairro modelo’ de Palhoça e a nossa administração busca levar a qualidade que existe aqui às demais localidades do município”, explica o prefeito Camilo Martins. “Para que mais empresas se instalem na cidade, precisamos apresentar o que temos de melhor e é por isto que esta Secretaria será aqui.”
O atendimento será integrado e haverá sinergia na relação da Prefeitura com os seus parceiros. De acordo com Alberto Prim, secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, isso possibilitará uma revisão nas leis atuais de incentivos fiscais, visando uma adequação ao momento atual do município.
“Enquanto um empresário cuida da instalação da empresa no município, as entidades representativas passam a disponibilizar a logística necessária. Esta facilidade também vai atingir os microempresários, q+ue poderão contar com o atendimento do escritório da CEF para agilizar a liberação de recursos de programas específicos”, comemora Alberto Prim.
O espaço estará aberto para atendimento de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h.

1
Ago

Exposição de Bicicletas Antigas na Pedra Branca

Colecionador Hélio Becker reúne 30 bicicletas no Passeio Pedra Branca.

A exposição de Bicicletas Antigas, aberta ao público a partir desta sexta-feira no Passeio Pedra Branca, em Palhoça, é uma oportunidade para os apaixonados por bicicletas e para todos que têm curiosidade sobre a história desse veículo que já foi até mesmo utilizado como instrumento militar, na Europa.
Não há uma data exata para a invenção da bicicleta, mas considera-se 1817 como um marco em sua trajetória. Portanto, estamos a três anos de comemorar os 200 anos da “magrela”, que, literalmente, já rodou muito nesse período.

Na Praça Coberta do Passeio, estarão expostas 30 peças do colecionador Hélio Becker, 54 anos, possuidor de um acervo centenário de bicicletas com peças originais e fabricadas em diferentes países, como Alemanha, Itália, Suíça e Brasil.

“Com a exposição, pretendo incentivar o uso da bicicleta e conscientizar para os benefícios de pedalar”, conta o expositor que andou sozinho numa bicicleta, pela primeira vez, aos 12 anos, em Santo Amaro da Imperatriz, cidade onde cresceu e se acostumou, a exemplo de familiares e amigos, a usar a bicicleta para ir à escola e passear.

A coleção de Becker possui mais de 100 bicicletas, a maioria já restaurada por ele mesmo em uma oficina montada em sua casa, em São José. Para garantir que todas tenham a devida atenção, o colecionador pedala com cada uma em dias alternados.
Os visitantes da exposição poderão conhecer, entre outros, uma relíquia de 1910, da marca Philips.
“A maioria das peças do acervo eu adquiro em ferro-velho, oficinas e com ciclistas que querem se desfazer das bicicletas. Restauro e os que já conhecem minha coleção costumam me procurar sempre que sabem de alguma novidade, alguma peça, que seja interessante para o acervo”, diz Becker.
O colecionador costuma literalmente passear com sua exposição. Antes de Palhoça, Becker já esteve com as “magrelas” históricas em Campinas (SP), Curitiba e Balneário Camboriú, onde ela esteve montada no mês passado.
Além da Philips 1910, há outras marcas que se destacam na exposição, como Bianki, Caloi, Centrum, Mercswiss, Monareta, Monark, Oxford, Peugeot e Wanderer. A exposição será um passeio pelas importadas e nacionais com data de fabricação de 1910 até anos de 1970. A entrada é gratuita.

O QUE? Exposição Bicicletas Antigas
QUANDO? 1º a 31 de agosto de 2014
ONDE? Praça Coberta do Passeio Pedra Branca
HORÁRIO: 10h às 21h de segunda a sábado; 14h às 20h, aos domingos e feriados
PREÇO: entrada franca
Contato de Hélio Becker: (48) 8422.3021